Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Sou estudante de medicina e como é de esperar sempre fui um apologista da medicina tradicional e da visita ao médico para qualquer condição de saúde.

 

Não obstante, com o desenvolvimento das tecnologias de informação e acesso cada vez mais generalizado e banal à internet é normal que as pessoas recorram a motores de busca como o google para tentar esclarecer dúvidas e obter informações sobre sintomas que sentem e/ou tratamentos.

 

É aqui que surgem os meus "mixed feelings". Porquê? Porque como todos sabemos começam a surgir websites "spam" e ilegais que acabam por enganar as pessoas com informações falsas e em casos mais graves q venderem ilegalmente medicamentos

 

Não tenho qualquer problema que existam "portais de saúde" ou "farmácias online", desde que no primero caso divulguem informação correta e atualizada e para o segundo caso que estejam devidamente legalizadas no país em que operam, ou seja, que obedeçam à lei de venda de medicamentos pela internet.

 

É por isso importante analisar bem os sites e verificar se têm os sinais claros de que são legais e seguros.

 

Neste blog vou partilhar toda a informação sobre este tema das farmácias online e o que dizem as entidades como Infarmed e Anvisa sobre as mesmas.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor






Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.