Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Farmácias online: O que diz a lei?

por Rodrigo Silva, em 23.04.17

Quem nunca pesquisou na net por um tratamento/medicamento?

 

O mais certo é que tenha tido resultados de websites que se auto-entitulam de farmácias online.

No entanto, deve ter sempre em atenção se os mesmos são regulados. A maioria é ilegal com sedes na Índia, China, etc e só vendem genéricos falsos.

 

Comprar medicamentos numa farmácia online em Portugal. O que diz a lei?

A entidade reguladora portuguesa, o INFARMED, é muito claro em relação à legislação sobre a dispensa de medicamentos via internet.

Se o site estiver sediado em Portugal, estará na lista de websites aprovados pelo Infarmed para fazer este tipo de venda. Terão também vísivel um "logótipo comum" que permite ao visitante do site verificar de imediato que o site é legal. Algo como isto:

Screen Shot 2017-04-21 at 17.04.54.png

Atenção: Nem sempre um site em Português está sediado em Portugal. De todas as formas, procure pelo Logótipo.

No caso do logótipo estar em inglês, já sabe que é porque o site está em Inglaterra e está aprovado pela Agência Europeia de Medicamentos e a entidade inglesa para vender medicamentos na internet. Neste caso apenas tem de se certificar que o site faz a entrega em Portugal. Estando aprovado, não se precisa de se preocupar com a entrada no país, pois se está dentro da União Europeia, existe livre movimento de bens e serviços seja por transportadora seja por CTT ( por agora pelo menos! )

 Exemplo de website legal e que opera para Portugal para mais de 10 anos é a euroClinix. Está sediada em Londres, Inglaterra sob autorização do MHRA (como se fosse o Infarmed mas de Inglaterra). Enviam medicamentos em português via CTT ou UPS e têm atendimento em português também.

Veja o vídeo de como eles funcionam aqui. Se quiser visitar a euroClinix pesquise no google ou carregue na imagem abaixo

farmácia euroclinix logotipo

 

Comprar medicamentos numa farmácia online no Brasil. O que diz a lei?

A ANVISA, entidade reguladora no Brasil, tem também uma lista de websites autorizados para a venda online. Existe uma série de condições, desde o registo da farmácia como do próprio farmacêutico até à ilustração e processo de compra de medicamentos de prescrição.

Importar medicamentos para o Brasil. Anvisa permite?

Sim. São inclusives livres de pagamento de qualquer imposto.

 

Mas existem exigências. O pacote/encomenda tem de:

 

- Ser importado por Correio Nacional ( Correios do Brasil ) apenas. Se for importado por transportadora expresso como UPS, DHL, etc pode já sofrer imposto pesado de até 100%!

- Vir companhado de receita médica com:

  1. Nome e Endereço completo do paciente
  2. Quantidade Prescrita
  3. Posologia ou Modo de Uso do produto com indicação da periodicidade do tratamento
  4. Data de emissão
  5. Assinatura do profissional, seu domicílio ou endereço profissional e número de inscrição do profissional prescritor no seu respectivo Conselho Profissional.(Pode ser estrangeiro)

531461977.jpg

 

Espero que a informação tenha sido útil. No próximo artigo vou falar sobre exemplos de farmácias online legais seguras em Portugal e no Brasil e outras ilegais e com piores práticas.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sou estudante de medicina e como é de esperar sempre fui um apologista da medicina tradicional e da visita ao médico para qualquer condição de saúde.

 

Não obstante, com o desenvolvimento das tecnologias de informação e acesso cada vez mais generalizado e banal à internet é normal que as pessoas recorram a motores de busca como o google para tentar esclarecer dúvidas e obter informações sobre sintomas que sentem e/ou tratamentos.

 

É aqui que surgem os meus "mixed feelings". Porquê? Porque como todos sabemos começam a surgir websites "spam" e ilegais que acabam por enganar as pessoas com informações falsas e em casos mais graves q venderem ilegalmente medicamentos

 

Não tenho qualquer problema que existam "portais de saúde" ou "farmácias online", desde que no primero caso divulguem informação correta e atualizada e para o segundo caso que estejam devidamente legalizadas no país em que operam, ou seja, que obedeçam à lei de venda de medicamentos pela internet.

 

É por isso importante analisar bem os sites e verificar se têm os sinais claros de que são legais e seguros.

 

Neste blog vou partilhar toda a informação sobre este tema das farmácias online e o que dizem as entidades como Infarmed e Anvisa sobre as mesmas.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor






Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.